Praticar exercício durante a gravidez não só ajuda a saúde da mulher e do feto como tem consequências positivas para as crianças nos primeiros anos de vida, com destaque para o sistema cardiovascular. Manter uma atividade física regular mostra-se especialmente importante no terceiro trimestre já que a pressão arterial infantil pode ser beneficiada até aos 10 anos. Os bons resultados são também visíveis na saúde das crianças que foram recém-nascidos de baixo peso e que se sabe terem um risco acrescido de hipertensão. Estas conclusões fazem parte de um estudo norte-americano que, pela primeira vez, relacionou os hábitos de exercício das mães com a saúde cardiovascular dos filhos. Foram analisados os hábitos de 51 mulheres antes, durante e após a gravidez e, segundo James Pivarnik, co-autor do trabalho, “verificou-se que existe, dos oito aos dez anos, um corte na tendência para a hipertensão nas crianças nascidas com baixo peso, desde que as mães se mantenham em forma durante a gestação”.

Exercício na gravidez ajuda saúde infantil

Fonte:

Revista Pais&Filhos

número 289, fevereiro 2015

gravidez,bebé,saúde,Boletim de Saúde da Grávida,grávida,mulher,crianças,saúde infantil,exercício físico,atividade física,investigação,estudo,praticar exercício na gravidez,sistema cardiovascular,atividade física regular,tensão arterial,James Pivarnik,em forma durante a gestação,yoga,ginástica,hidroginástica,