Receber um abraço de alguém em quem se confia é reconfortante. Mas além da sensação de bem-estar que propiciam, os abraços poderão oferecer proteção contra vírus comuns, atesta um novo estudo publicado na revista “Psychological Science”. O trabalho, conduzido pela Escola de Humanidades e de Ciências Sociais Dietrich da Universidade Carnegie Mellon, nos EUA, concluiu que receber abraços frequentemente, juntamente com suporte emocional, poderá diminuir o stress associado à suscetibilidade a infeções, prevenindo ou reduzindo o risco de doenças. Mais, receber abraços com mais frequência pode fazer reduzir os efeitos nocivos do stresse. Estudos anteriores demonstraram que as pessoas que têm muitos conflitos possuem organismos menos propensos a lutar contra os vírus da gripe.

Fonte:

Revista Pais&Filhos

número 289

fevereiro 2015

mãe,pai,proteção,pais,crianças,bebés,abraço,adultos,vírus,stress,infeções,gripe,